Home SBM > Islã no Brasil

Islã no Brasil

Os primeiros islâmicos chegaram ao Brasil na mesma época do descobrimento, em 1500. Inicialmente, a pequena comunidade muçulmana em terras brasileiras era composta por alguns marinheiros de origem árabe, que haviam participadoda expedição de Pedro Alvares Cabral.

Com o tempo e a necessidade de mão de obra, muitos negros, praticantes do islamismo, foram trazidos como escravos para o Brasil, aumentando o número de adeptos à religião. Vindos da África, a maioria deles foi obrigada a se “converter” e a mudar de nome devido à Inquisição.

Os muçulmanos marcam presença em grande parte da história do Brasil. Foram eles que organizaram a primeira rebelião de libertação, lutaram na defesa do Quilombo dos Palmares, de 1693 a 1694; fizeram a revolta dos muçulmanos haussás, em 1807; e foram peça-chave na Revolta dos Malês, em 1835, considerada a maior das revoltas muçulmanas em território brasileiro. Estas empreitadas trouxeram ainda mais adeptos à religião.

Durante a Primeira Guerra Mundial, no final do século XIX e início do XX, com a vinda de imigrantes sírios e libaneses para o Brasil aumentou o número de islâmicos. Em 1927 foi fundada a Sociedade de Bem-Estar Palestina Muçulmana, em São Paulo, que com a chegada de outros povos seguidores do islã teve seu nome modificado em 1929 para Sociedade do Bem-Estar Muçulmano.

Desde então, um número significativo de palestinos, libaneses, sírios e iraquianos têm migrado para terras brasileiras por diversos motivos, entre eles os recentes conflitos no Iraque.

Outro motivo que ajudou no aumento do número de adeptos ao islamismo foi a existência de informações confiáveis ​​disponíveis na internet e a publicação de traduções do Alcorão para o português.

Atualmente, o Islã no Brasil conta com mais de 27 mil seguidores, segundo dados do censo demográfico de 2000 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O número de brasileiros convertidos à religião cresceu 25% entre 2001 e 2011.

Mas há instituições que discordam deste número, já que os censos anteriores incluíam islâmicos no item “outras religiões”. A Federação Islâmica Brasileira, por exemplo, considera o número de seguidores superior, com cerca de 1,5 milhão de fiéis. Estima-se que exista cerca de 50 mesquitas e mais de 80 centros islâmicos espalhados pelo Brasil.

As maiores comunidades muçulmanas estão situadas nas cidades de São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Curitiba, Rio Grande do Sul e Foz do Iguaçu, onde se encontra a maior delas. Há ainda templos e salas de oração espalhados pelos outros Estados. Só na capital paulista há cerca de 10 mesquitas, incluindo A Mesquita Brasil, a primeira mesquita construída na América Latina, com início das obras em 1929.

saiba mais sobre: O Alcorão     Notícias

 
LOJA SBM

 
Biblioteca Básica de Ciência e Cultura - O Alcorão



só R$ 30,90



Faça a sua parte!
Sua doação é muito importante para nós! Ajude-nos com os projetos em prol da comunidade islâmica.


DESTAQUES

 

 

 

 

 

Sociedade Beneficente Muçulmana © 2012
Endereço: Rua Barão do Jaguara, 630 - São Paulo, SP | Tel: (0xx) 11 3208-6789 | Email: [email protected]